Passo a passo para legalizar seu carro rebaixado

legalizar carro rebaixado
Andar com o carro rebaixado é o máximo, e estar dentro da lei também. Nesse passo a passo você aprenderá como legalizar seu carro para rodar livremente por aí, evitando multas e até mesmo que seu carro seja apreendido.

O CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito) liberou as modificações da suspensão automotiva desde o mês de março de 2014, sob algumas condições, quais estão especificadas na resolução 479/2014.

As suspensões liberadas para serem usadas no veículo tanto podem ser fixas quanto suspensões reguláveis (ar e rosca).

Todo o processo consiste basicamente de quatro etapas: obter uma autorização, fazer o rebaixamento do veículo, levar o veículo para a vistoria e, se estiver tudo certinho, obter a legalização para rodar com seu carro rebaixado. E vamos explicar cada uma delas aqui.

 

Limite de rebaixamento do veículo

Antes de mais nada, é preciso estar ciente que, ao usar uma suspensão para rebaixar seu veículo, não deve ultrapassar o limite de 10cm em relação ao chão (medido da parte mais baixa do veículo), ou seja, nada menos que isso. Então, nada de querer ficar com o carro raspando no chão porque a alegria pode durar pouco e ocorrer até mesmo um acidente.

Lembre-se de que, quando for levar seu veículo para ser legalizado pelo DETRAN, ele deve estar original, ou seja, não faça o rebaixamento antes de obter a autorização para isso.

 

Fique atento ao peso do carro

Por lei, carros com mais de 3,5 toneladas não podem andar rebaixados, ou seja, você não vai poder fazer o rebaixamento de um caminhão para poder andar por ai (e nem vai querer).

 

Quanto custa para fazer a legalização do carro rebaixado?

As taxas para a vistorias e demais procedimentos podem variar de acordo com o modelo de cada carro e também as modificações da suspensão automotiva. Mas os preços vão de R$ 90 a R$ 600,00.

 

Como dar entrada no pedido de legalização

O local para dar entrada no processo de legalização é no DETRAN, lá você terá que preencher um cadastro e serão lhe passadas mais informações sobre como proceder nas etapas seguintes. Veja o passo a passo a seguir.

 

Legalizando o rebaixamento do carro

 

1º – O DETRAN te fornecerá uma autorização para fazer o rebaixamento do seu carro, após rebaixar o veículo você deverá retornar à eles para fazer uma vistoria, eles irão checar molas, amortecedores, freios, faróis, pneus, será uma vistoria completa no carro para se certificarem de que está tudo em ordem, por isso, lembre-se de estar com tudo em dia no veículo para evitar problemas.

2º – Após isso, o DETRAN te encaminhará para uma oficina credenciada do INMETRO, onde você deverá levar o carro para uma vistoria e para receber o laudo técnico.

3º – Quando for levar o seu veículo para a vistoria no INMETRO lembre-se de, antes, levá-lo no mecânico para deixar tudo em ordem. O laudo é importante para comprovar a altura do rebaixamento do seu carro, além de certificar que seu carro está em dia em termos de manutenção e cuidados.

4º – Após receber o laudo do INMETRO você deverá retornar ao DETRAN e entregá-lo. É possível que eles façam outra vistoria no veículo para comprovar a veracidade do laudo, então fique atento a isso.

5º – Realizados os procedimentos corretamente, você deverá aguardar a chegada da documentação para poder circular com seu carro rebaixado na estrada.

 

 

Confira também:

Se você usar suspensão a ar, fixa ou de rosca, não deixe de conferir a nossa postagem anterior com algumas dicas de manutenção e cuidados com a suspensão do o seu carro.


2 comentários em “Passo a passo para legalizar seu carro rebaixado

Deixe uma resposta