O aumento na Conversão de KIT GNV

Certificações Gasnag

Programa 10
Criado em 2007 para certificar a qualidade das instaladoras de GNV – com emissão realizada pelo CTGÁS (Centro de Tecnologias do Gás, que é um consórcio entre o Senai e a Petrobras), o Programa 10 é patrocinado pela Comgás e tem o apoio da ABGNV (Associação Brasileira do Gás Natural Veicular). Quando a instaladora cumpre uma série de pré requisitos de qualidade e segurança, recebe um Selo de Qualidade.

 





O Selo de Qualidade
Este selo consiste no reconhecimento de que a oficina que faz a instalação de kits para GNV (gás natural veicular) atende os critérios de segurança, qualidade e padronização necessários para a instalação do sistema. Ou seja, as pessoas que tem dúvidas na eficiência, custo e qualidade de conversão, podem contar com uma rede de oficinas, reconhecidas por este programa.
Gasnag é uma empresa certificada pelo Inmetro desde 2005 como instaladora GNV

Não deixe o mito do GNV pegar você

“7 perguntas que você sempre quis fazer sobre o GNV”

  • Veículos que usam o GNV poluem menos?

Isso mesmo. O gás natural é um dos combustíveis considerados limpos. Os veículos movidos a gás natural têm baixíssima emissão de poluentes, desde que a conversão seja feita corretamente.

  • É verdade que a manutenção de um veículo movido a gás natural equipado com o sistema de 5ª geração é igual à de um veículo movido a etanol ou gasolina?

Sim. Mas para que isso aconteça, os fabricantes dos sistemas de GNV recomendam seguir as orientações que constam no manual do veículo.

  • Posso utilizar cilindros usados?

Sim, pode. Mas você deve certificar-se que o cilindro foi inspecionado por uma Requalificadora de cilindros credenciada pelo INMETRO. Essa inspeção verifica a integridade do cilindro e é obrigatória a cada 5 anos ou quando o mesmo sofrer qualquer dano.

  • Quanto tempo demora para instalar o kit no veículo?

A média de tempo para a instalação de um kit de 5ª geração, o mais moderno do mercado, fica entre 8 a 12 horas.

  • O veículo com GNV perde potencia?

Os novos kits, chamados de 5ª geração, têm um moderno sistema de injeção de GNV. Isso faz com que a perda de potência seja insignificante.

  • Qual a diferença entre os kits de 3ª geração e os de 5ª geração?

Os kits de 3ª geração têm uma central eletrônica simples que controla o fluxo de gás para os cilindros por meio de abertura e fechamento de um motor de passo. Já nos de 5ª geração a central é mais moderna e se comunica com os injetores de gás, que mandam a quantidade necessária para cada cilindro de motor. Com essa evolução tecnológica o sistema proporciona melhor rendimento e performance do veículo, com menor custo de manutenção.

  • O uso do GNV é seguro?

Sim. O sistema de armazenagem e compressão possui válvulas de segurança que se fecham caso haja algum rompimento na tubulação. Alem disso, durante o abastecimento do veiculo no posto o gás não fica em contato com o ar, evitando, assim, qualquer tipo de combustão. Vale lembrar que o GNV é mais seguro que qualquer combustível líquido.


Você sabia?

  • O gás natural que abastece os carros é o mesmo gás canalizado utilizado em residências, comércio e indústria. O que muda é a forma de armazenamento e transporte, pois para o uso em veículos precisa estar sob alta pressão.
  • O gás natural veicular é uma mistura de elementos cujo principal componente é o metano (cerca de 90%). Esse gás é extraído de reservas naturais e utilizado largamente como combustível em todo o mundo.
  • O GNV por ser mais leve que o ar se dissipa rapidamente em caso de vazamentos, minimizando risco de incêndio.
  • Os cilindros utilizados para armazenagem são testados pelos mais rigorosos processos de inspeções e atendem diversas normas internacionais.
  • Busque sempre empresas idôneas e certificadas pelo INMETRO para fazer a conversão para o GNV.

Faça orçamento? Entre em contato conosco (19)3818-3560 ou por email atendimento@gasnag.com.br

 



Deixe uma resposta