Kvyat detona Perez: “Fórmula 1 não é PlayStation”

Daniil Kvyat, da Toro Rosso, criticou seu rival Sergio Perez, da Force India, por uma tentativa “desesperada e estúpida” de ultrapassagem, que terminou com o abandono do russo no GP de Mônaco.

Daniil Kvyat (Toro Rosso) - GP de Mônaco

Perez, que havia passado grande parte da corrida fora dos pontos depois de uma parada para substituir uma asa dianteira quebrada, estava se recuperando de volta para o Top 10 nas fases finais e colocou pneus novos durante o carro de segurança.

O mexicano tinha se posicionado ao lado do Stoffel Vandoorne da McLaren na relargada com o belga batendo nas barreiras quando Perez assumiu a posição.

Na volta 72, Perez tentou mergulhar por dentro na Rascasse, batendo em Kvyat e colocando-o fora da corrida.

Perez teve que ir aos boxes para reparos com a colisão, terminando uma serie de 15 corridas com a chegada entre os 10 melhores.

Kvyat disse: “Eu obviamente sabia que ele (Perez) tinha pneus mais novos, eu vi o que ele fez com Vandoorne e pensei ‘tudo bem, esse cara realmente está desesperado’”.

“Eu estava apenas fazendo meu traçado o tempo todo e então ele veio de muito longe, eu nem vi isso acontecer. Ele tentou se apoiar em mim como se fosse no PlayStation, e não funciona assim”.

“Estou muito, muito decepcionado, foi uma manobra completamente desesperada dele. Eu estava fazendo o meu trabalho hoje, estava fazendo uma boa corrida, muito calmo, pontuando e então sempre encontramos ‘um cara’ que atrapalha todo o dia, e ele é o Perez”

Deixe uma resposta